O ditado econômico da publicidade

O reflexo da crise econômica atual do país refletiu na maneira com que as empresas enxergam o mercado midiático. A primeira atitude é recuar, se manter afastada de qualquer gasto, o que inclui cortar despesas com publicidade de sua marca ou produto. Entretanto a crise e a oportunidade são como dois lobos, o bom e o ruim, ganha aquele que você alimentar.

É certo que o mar não está para peixe, mas está para outras espécies, como o tubarão, que não se esconde, ataca suas presas e consegue seu alimento todos os dias. Se você ficar parado o lucro também fica. Sabemos que no momento é preciso cortar alguns gastos, mas em uma sociedade que está conectada 24 horas por dia, deixar de lado a propaganda é um recurso inviável.

Não tenha medo de investir em mídia para sua marca, você verá que as empresas que investiram em 2015 irão colher os frutos em 2016. Não desista de comprar, de crescer, de empreender. Avalie as vantagens, fortaleça sua marca agora que todos estão desanimados e descubra os benefícios de arriscar.

Ainda na onda de ditados, vale ressaltar que é nos momentos de crise que o verdadeiro líder vem à tona. E para se tornar um líder é necessário mostrar seus atributos (sua empresa) para o povo. E sem a publicidade não seria possível a vitória.

Permita despertar o lobo bom, o tubarão ou o líder que há dentro de você.

ninhocriativo Written by: